quinta-feira, 1 de junho de 2017

Saúde promove encontro com pais de crianças portadoras de diabetes em Mogi das cruzes

A Secretaria Municipal de Saúde promoveu nesta quinta-feira (01/06) dois encontros com pais de crianças portadores de diabetes. O objetivo foi prestar orientações gerais sobre a doença, dicas nutricionais e de qualidade de vida, além de oferecer uma oportunidade para a troca de informações e experiências entre os familiares. Diabetes é uma doença crônica, de caráter permanente, caracterizada pelo mau funcionamento do pâncreas, que reduz ou para de produzir insulina, hormônio responsável pela queima de glicose, substância presente nos alimentos. “A diabetes está cada vez mais frequente no mundo e já afeta muitas crianças, por isso a necessidade de ampliarmos as ações educativas”, explica a enfermeira Cice Strelec, coordenadora do Programa Hiperdia. Segundo ela, atualmente são 131 pacientes de 2 a 15 anos em acompanhamento. As crianças são vítimas do diabetes tipo 1, que costuma surgir logo no início da vida ou se manifestar até o início da fase adulta e a sua principal característica é a total incapacidade do pâncreas em produzir a insulina, o que torna o paciente dependente do uso diário de insulina. Já a diabetes do tipo 2 ocorre normalmente na idade adulta e, na maioria das vezes, o pâncreas ainda mantém uma capacidade, embora reduzida, de produzir a insulina. O frentista Alexandre Nunes, pai da Natália, de oito anos, fez questão de participar do encontro, pela manhã, para aprender um pouco mais sobre os cuidados necessários para o dia a dia de sua filha. “Diabetes é muito difícil para criança, por isso um bate-papo com profissionais, pacientes e familiares é sempre útil e esclarecedor”, afirma. O principal desafio é introduzir verduras e legumes na dieta dos pequenos e racionar o consumo de doces e guloseimas. Outro ajuste importante a partir da doença é não deixar a crianças muito tempo sem comer, adotando uma rotina alimentar a cada três horas. “A alimentação adequada para o diabético é uma alimentação saudável, indicada para qualquer pessoa. A refeição deve ter todos os tipos de nutrientes, favorecendo a ingestão de verduras e legumes”, explica a nutricionista Tatiane Watanabe. O servidor municipal Evandro Siqueira, que convive com a diabetes há quase 20 anos, contou um pouco da sua rotina aos pais e crianças presentes. Sua principal dica, além de manter o tratamento indicado pelo médico e os cuidados nutricionais, é a prática de esportes. “O esporte como rotina na vida das crianças vai ajudar muito e, com o tempo, vocês vão perceber que não precisa deixar de fazer nada, desde que seja com moderação e equilíbrio”, afirmou. FONTE ; PMMC - COMUNICAÇÃO ASSESSORIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário