quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Parentes de vítimas de acidente na Mogi-Bertioga fazem protesto

Parentes das vítimas do acidente que matou 18 pessoas no ano passado, em São Sebastião, fizeram um protesto nesta quarta-feira (8). Eles se reuniram em frente ao Fórum da cidade, com camisetas e cartazes, e pediram Justiça. “Agora a investigação passou de Santos para São Sebastião e nós confiamos na Justiça. Viemos para que o caso não seja esquecido. Os donos da empresa de ônibus serem indiciados criminalmente foi uma vitória. Confiamos na Justiça”, disse Margarida Ferreira, mãe do Matheus, que se recuperou do acidente e voltou a estudar em Mogi das Cruzes. Acidente Em junho do ano passado, um ônibus da empresa União do Litoral capotou e caiu em um barranco. Os 17 passageiros e o motorista morreram. Nesta semana, a polícia responsabilizou a União do Litoral e o gerente de manutenção da empresa pelo acidente. A falta de manutenção foi considerada a causa determinante. A perícia também já havia concluído que o ônibus estava acima do limite de velocidade e que apresentava desgaste excessivo dos freios dianteiros. A empresa União do Litoral informou que apresentou documentos para comprovar a manutenção do ônibus e que o indiciamento não quer dizer que as pessoas serão condenadas. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2017/02/parentes-de-vitimas-de-acidente-na-mogi-bertioga-fazem-protesto.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário