terça-feira, 27 de dezembro de 2016

APÓS DENÚNCIA DE PASSAGEIROS E PUBLICAÇÃO PELA TV INTEGRAÇÃO FISCAIS DA ARTESP NOTIFICA EMPRESA PÁSSARO MARRON E RETIRA DE CIRCULAÇÃO ÔNIBUS IRREGULARES NA RODOVIÁRIA DE JACAREÍ E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Em nota a ARTESP agência fiscalizadora através de seu depto de Imprensa responde as ações efetuadas nos dias 26 e 27/12 na região do Vale do Paraíba Ressaltando que o Jornalista e radialista EDSON XAVIER anexou ( comunicado) em ‘’Urgência ‘’ na manhã desta terça-feira solicitando brevidade na fiscalização nas instalações da RODOVIÁRIA DE JACAREÍ onde passageiros ‘’indignados ‘’ reclamavam de ônibus ‘’precário ‘’ oferecido ao tranporte da linha JACAREI / RODOVIÁRIA DO TIETÊ ,outrora oferecido por veículos da PÁSSARO MARRON e com ‘’agravante ‘’ da cobranca de tarifa ‘’ sem alteração ‘’ caracterizando assim outra irregularidade baseada em artigos do CDC – Código de Defesa do Consumidor. Sendo assim, pode também se presumir que os veiculos da empresa CAXIENSE não ofereça o principal que é a SEGURANÇA Fisica dos passageiros,pela falta de manutenção em geral.
Em 27/12/2016 17:30, ARTESP - Imprensa escreveu: Boa tarde, Edson, segue posicionamento da ARTESP a respeito da demanda. Como a fiscalização segue em andamento, pode ser que nesta quarta-feira, 28, tenhamos informações mais detalhadas. A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) informa que realizou fiscalização nos dia 27 de dezembro, nos Terminais Rodoviários de São José dos Campos e Jacareí. Na ocasião, veículos de propriedade da empresa Expresso Caxiense S.A. foram abordados pelos agentes e foi constatada a irregularidade na prestação do serviço. Dessa forma, os veículos foram retidos no local. A Agência destaca que a empresa de ônibus Pássaro Marron S.A foi notificada a retirar de circulação IMEDIATAMENTE os veículos da empresa Expresso Caxiense S.A.. A ARTESP ressalta que segue com equipes de fiscalização nos Terminais Rodoviários de Passageiros de forma a coibir esse e outros tipos de irregularidades. É importante frisar que o setor de fiscalização realiza constantes operações, com a finalidade de averiguar possíveis irregularidades, e quando encontradas, são tomadas as providências, conforme a regulamentação vigente. Att., André Vendrami _______________________________ ARTESP - Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário