sábado, 5 de novembro de 2016

SSP firma acordo com IDV para reforçar combate ao roubo e furto de celular

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) firmou na tarde desta sexta-feira (4) um protocolo de intenções com o Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV), visando o combate ao roubo e furto de celular. A medida permitirá a celebração de um acordo de cooperação entre as partes. O protocolo foi assinado pelo secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, e pela presidente do IDV, Luíza Helena Trajano, durante cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na zona sul da Capital. O acordo firmado permitirá a realização de estudos conjuntos entre os órgãos para que membros associados ao IDV sejam orientados a indicar, no momento do registro dos boletins de ocorrência, o número do IMEI (International Mobile Equipment Identify) de celulares roubados ou furtados. “Os empresários nos comunicam o IMEI e a Polícia Civil imediatamente solicita o cancelamento, com isso vamos desestimular o roubo e o furto do celular”, ressaltou o governador Geraldo Alckmin, presente ao evento. A inserção do IMEI – número de identificação dos aparelhos celulares – nos BOs está prevista na Resolução SSP 3/2015, que permite aos delegados de polícia coletarem autorização das vítimas para solicitar o bloqueio do IMEI junto às operadoras de telefonia. “Hoje nós estamos celebrando mais uma parceria com o IDV, voltada a oferecer às empresas e à segurança pública medidas eficientes no combate à criminalidade”, explicou o secretário da Segurança. O protocolo de intenções terá vigor de 12 meses, prazo em que os estudos serão realizados para a celebração do futuro acordo. Guarde o número do IMEI Todos os consumidores devem identificar o número do aparelho celular e guardar em local de fácil acesso, para o caso de uma ocorrência. Quem ainda não tem o número do IMEI, é muito fácil obtê-lo. Basta digitar o código *#06# no celular e anotar o número que aparecer na dela, com 15 algarismos. O IMEI é uma espécie de “RG” do celular e, em caso de roubo ou furto, com esse número em mãos é possível bloquear o aparelho. Erika Rios e Mainary Nascimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário