quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Em reunião, Temer pede medidas para evitar riscos à vida e ao meio ambiente

Em reunião sobre o rompimento da barragem de Mariana (MG), que completa um ano no próximo sábado (5), o presidente da República, Michel Temer, pediu que sejam tomadas medidas necessárias para evitar riscos à vida e ao meio ambiente durante período de chuvas na região Sudeste. Temer orientou sua equipe a manter atenção e acompanhamento permanente para garantir respostas rápidas em caso de necessidade. “O presidente Michel Temer recordou a proximidade de uma estação de chuvas na região Sudeste e sublinhou ser indispensável que sejam implementadas todas as medidas necessárias para que se evitem riscos renovados à vida e ao meio ambiente”, afirmou o porta-voz Alexandre Parola, em pronunciamento à imprensa, nesta quinta-feira (3) . A reunião sobre o desastre em Mariana contou com a participação do Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, do Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, da presidente do Ibama, Suely Mara Vaz, além de outras autoridades e representantes de empresas. O encontro permitiu avaliar o estágio das medidas tomadas até o momento para a recuperação da região e reforçou a necessidade de promover a coordenação entre as ações conduzidas pelos diversos órgãos públicos e privados. Outra preocupação é a possibilidade de a lama e rejeitos acumulados voltarem para o leito dos rios durante a temporada de chuvas na região. Durante o encontro, Temer solidarizou-se com as vítimas do rompimento da barragem e enfatizou que a “normalidade da vida na região só será plenamente restaurada quando as pessoas afetadas puderem, finalmente, retornar às suas casas e retomar suas atividades econômicas e sociais”, reportou o porta-voz. Fonte: Portal Planalto

Nenhum comentário:

Postar um comentário