segunda-feira, 3 de outubro de 2016

PALMEIRAS VENCE E CONTINUA NA LIDERANÇA

Melhor rodada, impossível. O Palmeiras suou, mas conseguiu aproveitar-se do tropeço do Flamengo para se sentir ainda mais confortável na liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, a equipe comandada por Cuca derrotou o Santa Cruz pelo placar de 3 a 2, no Arruda, e ignorou a pressão sofrida por fechar a 28ª rodada. O terceiro resultado positivo consecutivo, além de complicar o Santa Cruz na briga contra o rebaixamento, deixa o time de Palestra Itália com 57 pontos, três a mais do que o Flamengo; o clube rubro-negro ficou apenas no empate sem gols com o São Paulo, no Morumbi. Enquanto o Palmeiras consegue sobrar na ponta, o Santa Cruz parece cada vez mais destinado a jogar a Série B na próxima temporada. O clube pernambucano se mantém com apenas 23 pontos e ocupa a penúltima colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. Quem foi bem: Moisés Mais uma vez, Moisés se mostrou fundamental para a vitória do Palmeiras. Mais recuado do que nas últimas rodadas, o camisa 28 exerceu em alto nível as funções defensivas e ofensivas. No ataque, por exemplo, iniciou a jogada do segundo gol palmeirense. Quem foi mal: Edson Kolln O antigo reserva de Thiago Cardoso falhou no segundo gol palmeirense. O goleiro se mostrou perdido após lançamento de Moisés e viu Leandro Pereira, de fora da área, acertar um chute de primeira para balançar as redes. O arremate, no entanto, seria facilmente contido com o posicionamento mais adequato. Veterano se mostra útil na meia A grande surpresa na escalação do Palmeiras ficou por conta do posicionamento de Zé Roberto. Lateral desde que desembarcou na Academia de Futebol, o veterano de 42 anos atuou no setor de meio-campo e apresentou-se como solução criativa enquanto esteve no setor. De quebra, ainda anotou um golaço, o primeiro do líder no Arruda. Sai, zica! Uma das revelações do Palmeiras neste Campeonato Brasileiro, Róger Guedes deu fim a uma marca extremamente negativa. O gol que deu a vitória ao Palmeiras foi o primeiro do camisa 23 desde 15 de junho, quando deixou a sua marca no empate por 2 a 2 contra o Coritiba. FONTE : UOL ESPORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário