segunda-feira, 31 de outubro de 2016

CIRURGIÃ - DENTISTA MORRE COM 17 TIROS NO MOMENTO DE ATAQUE DE TRAFICANTES NO RIO

RIO — Em textos e fotos no Facebook, a dentista carioca Priscila Soares Nicolau Reis, de 37 anos, mostrava o quanto estava feliz. Em fevereiro, voltou de Paris com o marido; na semana passada, comemorou o aniversário de seu “mozão” num restaurante do Jockey. No domingo, ela, que fazia trabalhos sociais em comunidades carentes, fez um passeio pela cidade e, depois de se refrescar com um sorvete no Shopping Leblon, afirmou que se sentia “no paraíso”. Foi um de seus últimos momentos de alegria, sua derradeira declaração de amor ao Rio. Nesta segunda, a vida de Priscila ganhou o noticiário. Ela teve o carro, um Kia Sorento, atingido 17 vezes por tiros, inclusive de fuzil. O ataque aconteceu na Estrada de Furnas, no último trecho da descida do Alto da Boa Vista para quem segue em direção à Barra. A dentista, que tinha um consultório em Copacabana, foi vítima da violência que explodiu por volta do meio-dia, com uma invasão de traficantes ao Morro do Banco, no Itanhangá. A polícia acredita que bandidos atiraram nela — que foi atingida no rosto e nos braços — numa tentativa de roubo do veículo para fuga.
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/mulher-morre-atingida-por-tiros-na-estrada-de-furnas-20390683#ixzz4OjgWhA9F

Nenhum comentário:

Postar um comentário