quinta-feira, 28 de julho de 2016

NET demite funcionário que enviou mensagens pornográficas para cliente

Assédio foi feito por meio da WhatsApp e divulgado pela fotógrafa Juliana (Foto: Arquivo Pessoal) A NET, empresa de serviços de comunicação, demitiu o funcionário suspeito de assediar uma cliente da operadora por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. A santista Juliana Barros afirmou que o ex-funcionário enviou mensagens com teor sexual a ela. De acordo com a santista, o contato entre a vítima e suspeito começou no fim de junho, quando ele foi até a casa de Juliana para realizar um serviço de instalação de adaptador. Como ela não possuía o aparelho no momento do atendimento, deixou seu telefone de contato com a fotógrafa para acioná-lo assim que o equipamento fosse adquirido por ela. Em nota, a NET informou que identificou o funcionário e o desligou da empresa. Além disso, afirmou que o caso está em apuração na esfera criminal, por meio de um boletim de ocorrência registrado pela cliente, e que a empresa permanece à disposição para colaborar com a investigação policial. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2016/07/net-demite-funcionario-que-enviou-mensagens-pornograficas-para-cliente.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário