sexta-feira, 18 de março de 2016

Subprefeitura São Miguel presta ajuda a famílias atingidas pelas chuvas do ultimo dia 10 de março

A Subprefeitura São Miguel, com apoio da Defesa Civil, Secretaria de Assistência Social e Coordenadoria de Saúde, realizou uma série de atividades para socorrer e dar todo o suporte necessário às famílias atingidas pelas fortes chuvas que ocorreram no dia 10 do corrente mês. Com as chuvas constantes das últimas semanas a vazão do Rio Tiete aumentou, elevou o seu nível acima da média e colocou algumas casas em risco. A água chegou a invadir os imóveis e alagou várias casas. Cerca de 1.550 famílias foram atingidas no distrito do Jardim Helena, entre elas 300 famílias se abrigaram em três escolas da região. A prefeitura de São Paulo deu suporte a estas famílias no momento das chuvas e trabalha incansavelmente até que todas as famílias estejam novamente em suas casas. O distrito do Jardim Helena foi o mais atingidos, e em algumas casas, a água subiu tanto que foi impossível adentrar a residência, fazendo com que as equipes tivessem que esperar o nível das águas abaixar para avaliar os prejuízos, contudo, a ação rápida da Subprefeitura de São Miguel fez com que estes incidentes não resultassem em vítimas fatais, feridos ou desaparecidos. Algumas casas não foram alagadas ou inundadas, mas ficaram ilhadas e também necessitaram do apoio da Subprefeitura e Defesa Civil no auxiliou de resgate a pessoas idosas ou com deficiência. A Prefeitura de São Paulo ofereceu, através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), profissionais técnicos para apoiar as famílias atingidas pelas enchentes. Cadastros estão sendo feitos para atender as famílias com cobertores, cestas básicas, produtos de limpeza e de higiene. FONTE : ASSESSORIA DE IMPRENSA

Nenhum comentário:

Postar um comentário