domingo, 13 de setembro de 2015

SP dá início a remoção de veículos apreendidos Cerca de 2,5 mil carros e motos que estão em delegacias das zonas norte e leste da Capital serão transferidos para Araçariguama a partir desta sexta

"Estamos iniciando um trabalho super importante. Nós temos na capital 9.669 veículos apreendidos sob a guarda do Governo [do Estado]. Nós vamos zerar até 90 dias. Então, quando terminar não vai lotar de novo, pois não ficarão mais os veículos depois de feito o registro policial e comunicada a empresa", explicou o governador Geraldo Alckmin durante a remoção. No 72º DP, há 147 carros e 163 motos que foram apreendidas em ocorrências policiais. Todos os veículos serão levados até o pátio da Trevo, que fica na Estrada de São Roque, no bairro de Ibaté, em Araçariguama. A empresa receberá R$ 100 mil por mês para cuidar dos automóveis. Com o início das remoções será possível liberar as vagas nas delegacias da Capital. Ao todo, os dois pátios contratados terão um investimento de R$ 16,5 milhões. Eles contam com 28,6 mil vagas. Além disso, o Governo do Estado disponibilizou R$ 25,1 milhões para a contratação de duas empresas de guinchos. Em maio, o secretário da Segurança Pública Alexandre de Moraes, havia assinado contrato de 30 meses com a Trevo e com a Shunck Terraplanagem – esta empresa será responsável por guardar os veículos das outras seis regiões policiais da cidade de São Paulo. Dentro de 90 dias, terão sido levados para o pátio no interior paulista 2.455 carros e motos que estão na área de 26 unidades policiais. Ao mesmo tempo, a empresa deverá remover em até duas horas os novos veículos que forem recolhidos em atos de polícia judiciária. Outras regiões da Capital A remoção dos outros 7.214 veículos apreendidos nas delegacias que compõem o Centro (1ª Seccional), zona sul (2ª), oeste (3ª), a região de Santo Amaro (6ª), de Itaquera (7ª) e de São Mateus (8ª) deve começar no dia 21 de setembro. A partir do início, o prazo também será de 90 dias. Ao todo, serão retirados 9.669 veículos que estão em delegacia da Capital. Estrutura dos pátios A estrutura dos pátios contratados pela Polícia Civil conta com iluminação, piso pavimentado, sistema de vigilância com câmeras em HD e seguro. Haverá postos do Instituto de Criminalística (IC) nos locais com o objetivo de acelerar o trabalho de perícia, vistoria e liberação dos veículos que podem retornar aos donos. O local também será dedetizado semestralmente e terá cobertura ou capas nos automóveis para evitar a possibilidade de proliferação do mosquito da dengue. A empresa ainda é obrigada a providenciar seguro contra incêndios, enchentes e danos, por exemplo. Compactação Como esses veículos podem ser compactados a partir de uma autorização judicial, os grandes estacionamentos terão áreas destinadas a leilões, descontaminação e compactação. Esse procedimento já está sendo realizado no Pátio Santo Amaro, na Capital. Até agora, 10.072 veículos foram compactados e cerca de 50 mil carcaças serão limpas e destruídas. Do Portal do Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário