quinta-feira, 30 de julho de 2015

PREFEITO HADDAD VISITA 29º BPM E MERCADO MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL PAULISTA

O prefeito Fernando Haddad defendeu na manhã desta quinta-feira (30) uma maior remuneração dos policiais militares que atuam na Operação Delegada da Prefeitura. Em visita à região de São Miguel Paulista, na zona leste da capital, ele passou pelo 29º Batalhão da PM. Fruto de um convênio firmado em 2009 entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo, a Operação Delegada é uma parceria para que agentes da Polícia Militar reforcem o policiamento municipal durante suas folgas. Essas vagas são disponibilizadas por regiões das subprefeituras, e a inscrição dos policiais é voluntária. Um projeto de lei que visa aumentar a Gratificação por Desempenho de Atividade Delegada, equiparando com a Operação Delegada do Estado. está sendo elaborado pelo Executivo, antes de seguir para apreciação dos vereadores na Câmara Municipal. "Nós estamos sofrendo a concorrência com a Operação Delegada do Estado, que paga um pouco mais. A gente está perdendo efetivo na nossa Operação por conta disso. Vou pedir para o secretário de Segurança Urbana fazer um projeto de lei para igualar [a remuneração da Prefeitura à oferecida pelo Estado]. Caso contrário, nós ficamos sem preencher as vagas que temos disponíveis", afirmou Haddad. A Operação Delegada tem hoje como objetivo o combate ao comércio ambulante irregular ou ilegal. As ações são concentradas em regiões de grande incidência desse tipo de comércio, tais como circuitos populares de compras ou centros comerciais. Atualmente, são oferecidas 1.472 vagas para policiais militares atuarem na Operação Delegada. Os participantes recebem R$ 26,32 por hora, no caso dos oficiais, e R$ 19,72 no caso dos praças. A Operação Delegada do Estado paga, respectivamente, R$ 25,50 e R$ 21,25 para oficiais e praças. Durante conversa com a corporação, o prefeito destacou iniciativas da gestão para valorizar a Guarda Civil Metropolitana (GCM). "Inspirada na Operação Delegada eu fiz uma Operação Delegada da Guarda Civil Metropolitana, que é a nossa corporação", afirmou. A Operação Delegada da GCM garante renda extra para que os guardas atuem, por exemplo, em escolas municipais, fora da jornada de trabalho comum. No último dia 19, durante a formatura de 350 guardas civis, Haddad assinou ainda a sanção da lei, criada pelo Executivo, que prevê a reestruturação do plano de carreira dos guardas. A criação do quadro técnico, que beneficia 6,6 mil servidores ativos e inativos, resultará em aumento médio de 15% dos vencimentos dos guardas. Dependendo do cargo, tempo de serviço e título, a elevação dos ganhos poderá chegar a até 35%. Além disso, por ação da atual gestão, os GCMs ganharão direito a aposentadoria especial, que reduz o tempo de contribuição dos servidores de 35 para 30 anos no caso dos homens e de 30 para 25 anos em relação às mulheres. O prefeito Fernando Haddad também visitou o Mercado Municipal de São Miguel e o comércio local da região. FOTOS Crédito: Cesar Ogata/SECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário