terça-feira, 21 de julho de 2015

MORRE JORNALISTA E PESQUISADOR DA ARTE CULINÁRIA JOÃO RURAL

O Vale do Paraíba perdeu João Rural, como era conhecido o jornalista, fotógrafo e pesquisador João Evangelista de Faria. Ele morreu aos 64 anos, na madrugada de terça-feira (23), vítima de um infarto, no Hospital Pio XII, em São José dos Campos. João, que estava internado havia alguns dias, enfrentava um tratamento de leucemia, mas não resistiu. Ele ficou conhecido por pesquisas e reportagens sobre os hábitos alimentares do Vale do Paraíba. João Rural nasceu em 3 de junho de 1951 em Paraibuna, onde residia, e prestou vários serviços a diversos veículos de comunicação e entidades da região, entre eles o Sindicato Rural de Jacareí. Foi assessor de imprensa da Fapija (Feira Agropecuária e Industrial de Jacareí), desde a primeira edição do evento, há 29 anos. O presidente do Sindicato Rural de Jacareí, Paulo Turci, disse ao Diário de Jacareí que a morte de João Rural é uma grande perda para a região. “Falar do João neste momento é muito difícil, era um amigo, profissional, parceiro. Sempre será um ícone da gastronomia caipira da região. Atuou na Fapija desde o início e estaria conosco novamente com a feira em seu novo endereço. Além de assessor, ele era atuante com seus sonhos, sua criação, era avançado, estava sempre empolgado com os projetos. O meio rural perdeu um grande colaborador. Ficará um vazio enorme, pois João Rural é insubstituível”, disse Turci à reportagem. João Rural realizou inúmeros trabalhos sobre a cultura caipira e as comidas típicas do Vale, algumas delas registradas em livros. Ele lançou DVDs, programas de televisão e também mantinha um site sobre a cultura. Realizou diversas palestras e debates divulgando a culinária típica para grupos diversos e estudantes. O corpo de João Rural foi velado e sepultado em Paraibuna. http://www.diariodejacarei.com.br/new/?action=www&subaction=noticia&title=vale-perde-o-jornalista-e-pesquisador-joao-rural&id=21275

Nenhum comentário:

Postar um comentário