terça-feira, 21 de julho de 2015

Falso médico recebeu R$ 80 mil por um mês em Franca, SP, diz Cremesp Seis pessoas em Sorocaba são suspeitas de usar CRM de outros médicos. Pablo Mussolim atuou no pronto-socorro municipal por seis meses em 2014

Um dos supostos falsos médicos investigados por fraude pela Polícia Civil em Sorocaba (SP) trabalhou por seis meses em 2014 no Pronto-Socorro Dr. Álvaro Azzuz, em Franca (SP). Segundo o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Pablo do Nascimento Mussolim chegou a registrar que atuou na unidade por 30 dias sem descanso, e recebeu um salário de R$ 80 mil. Segundo a polícia, Mussolim utilizava o CRM e o nome de Pablo Galvão, um médico que atua no Rio Grande do Norte. O suspeito foi preso na semana passada e trabalhava na Santa Casa de São Roque (SP). Ao todo, segundo o delegado seccional Marcelo Carriel, seis pessoas que exerciam irregularmente a função estão sendo investigadas. http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2015/07/falso-medico-recebeu-r-80-mil-por-um-mes-em-franca-sp-diz-cremesp.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário