sexta-feira, 1 de maio de 2015

Léa Garcia se defende após agredir atriz: "Me senti muito desrespeitada"

Uma confusão envolvendo a atriz Léa Garcia, 82 anos, acabou na delegacia na semana retrasada. A atriz, que é diretora artística do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio (Sated), teria avisado à também atriz Gigi Brandão, 42, que não havia mais vaga para ela participar do ciclo de leituras dramatizadas que aconteceria no local. As duas teriam começado a discutir depois que Gigi disse ter sido convidada pelo diretor Delcio Marinho a participar da leitura dele de título e Léa ressaltar que não haveria mais vagas. No hall do edifício, localizado no Centro do Rio de Janeiro, Léa teria dado um tapa no rosto de Gigi. "Ela quis me desautorizar, provar que ia fazer uma bagunça. Enquanto uma mulher, atriz, professora, idosa, me senti muito desrespeitada. Ela levantou o dedo pra mim e quando levantei a mão para abaixar, acabou batendo no rosto dela", justificou Léa ao UOL. http://celebridades.uol.com.br/noticias/redacao/2015/04/30/lea-garcia-defende-se-apos-agredir-atriz-me-senti-muito-desrespeitada.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário