domingo, 24 de maio de 2015

"Deus ajudou", diz piloto sobre acidente em avião com Huck e Angélica

Ainda assustado com o pouso de emergência realizado em uma fazenda a 30 km de Campo Grande (MS) na manhã deste domingo (24), o piloto Osmar Frattini, de 52 anos, disse que "Deus ajudou" para que todos que estavam a bordo saíssem com vida após o acidente com os apresentadores Luciano Huck e Angélica. "Deus ajudou. [Foi] uma pane", resumiu Frattini, que sofreu um corte na cabeça, em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo. "Não pode ser baixado o trem de pouso porque aí já complica", acrescentou em seguida, ao se questionado pela repórter. Além do piloto e co-piloto, estavam no avião Luciano Huck, a mulher Angélica, os três filhos e duas babás. Todos foram encaminhados para o hospital Santa Casa de Campo Grande, onde receberam atendimento no setor de ortopedia. Segundo a médica Priscila Alexandrino, da diretoria técnica do hospital, há suspeitas de que Angélica tenha sofrido fratura na bacia e Luciano tenha fraturado uma vértebra. Às 15h44, a Santa Casa de Campo Grande divulgou nota informando que todos os feridos passaram por exames de raio-X e tomografia, e que nada grave foi diagnosticado. "Por solicitação dos familiares, a Assessoria de Imprensa do hospital comunica que não serão mais liberadas quaisquer informações a respeito do quadro clínico", afirma o hospital. Após passarem pelos exames, os apresentadores foram transferidos para o hospital Albert Einstein, em São Paulo. http://celebridades.uol.com.br/noticias/redacao/2015/05/24/deus-ajudou-diz-piloto-sobre-acidente-em-aviao-com-huck-e-angelica.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário