quinta-feira, 28 de maio de 2015

Amado Batista: “O cara mata, decepa a cabeça e fica 3 meses internado” ?.Cantor disse em audiência da comissão da maioridade penal que o Estado não deve "passar a mão na cabeça" dos infratores Agência Câmara

A participação do cantor Amado Batista na comissão especial da Câmara dos Deputados que avalia PEC (Proposta de Emenda Constitucional) da redução da maioridade penal, nesta quarta-feira (27), foi marcada por frases polêmicas e pela tietagem. Batista, que é favorável à redução, disse não saber se sua presença na comissão colabora ou não com o debate em torno do tema e defendeu que o Estado permita que pais possam "dar uns tapas" em seus filhos. "Você precisa educar a criança em casa ou dando uns tapas ou botando de castigo", afirmou o músico. Batista foi a primeira entre as várias "celebridades" convidadas a comparecer às audiências públicas que discutem a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos de idade na Câmara dos Deputados. Ele foi convidado pela deputada federal Magda Moffato (PR-GO). Além de Batista, também foram convidados jornalistas como José Luiz Datena, Marcelo Rezende, Rachel Sheherazade, Caco Barcellos e o médico e escritor Dráuzio Varella. http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/05/27/na-camara-amado-batista-defende-tapas-em-criancas-e-distribui-autografos.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário