segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Xororó lamenta morte do sogro Zé do Rancho: 'Deixou seu legado' Cantor, que era avô de Sandy e Júnior, morreu no domingo em Rio Preto. Pioneiro do sertanejo vivia há 40 anos com a doença de Chagas.

O corpo do cantor e compositor Zé do Rancho, que morreu neste domingo (15), aos 87 anos, é velado nesta segunda-feira (16) no cemitério Jardim de Paz, em São José do Rio Preto (SP). Zé do Rancho era avô materno dos irmãos Sandy e Júnior. Segundo Xororó, genro do cantor, ele deixou um importante legado para a música sertaneja. “Meus filhos começaram cantando as músicas de seus avós. Eu sempre tive Zé do Rancho como um exemplo, ele foi um dos pioneiros do sertanejo, a vida dele foi dedicada à música e hoje ele deixou seu legado. Estamos fazendo sua vontade agora, com um velório discreto para familiares e depois, ele será cremado”, afirma. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2015/02/xororo-lamenta-morte-do-sogro-ze-do-rancho-deixou-seu-legado.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário