segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Ex-Legião morto em Guarujá tomava três antidepressivos diferentes

O ex-baixista da banda Legião Urbana Renato Rocha, encontrado morto na manhã do último domingo (22), dentro do quarto de um hotel, em Guarujá, no litoral de São Paulo, fazia uso de pelo menos três remédios contra depressão, sendo que um deles também é recomendado para o tratamento de hipertensão. A data do velório e enterro do músico ainda não foram definidas, já que corpo ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML). A expectativa é de que familiares de Renato, que moram no Rio de Janeiro e em Brasília cheguem a cidade na manhã desta segunda-feira (23) para dar continuidade aos processos burocráticos. De acordo com o Instituto Médico Legal da cidade, Renato morreu em decorrência de uma parada cardíaca. Os exames preliminares não foram capazes de apontar um excesso de medicamento no corpo do ex-baixista. http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/musica/noticia/2015/02/ex-legiao-morto-em-guaruja-tomava-tres-antidepressivos-diferentes.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário