sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

PREFEITO DE SP INAUGURA PRIMEIRO HOSPITAL MODELO ''REDE HORA CERTA '' EM SÃO MIGUEL PAULISTA COM TRÊS CENTROS CIRÚRGICOS

O prefeito Fernando Haddad visitou nesta terça-feira (19) as obras do Hospital Dia Rede Hora Certa de São Miguel Paulista, na zona leste, que vai oferecer exames e consultas em 23 especialidades médicas, além de realizar cerca de 2.000 cirurgias por ano. "Este vai ser o primeiro Hospital Dia da Rede Hora Certa com três centros cirúrgicos, cada um deles com capacidade de 2.000 cirurgias por ano. Então serão 6.000 pessoas que vão sair da fila do SUS e cuidar da sua saúde", disse o prefeito. Prefeito de São Paulo Fernando Haddad acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, José de Filippi Júnior e demais autoridades inaugurou na manhã desta sexta feira 23/01 HOSPITAL HORA CERTA. Entre as especialidades médicas oferecidas estão endocrinologia, dermatologia, ortopedia, pneumologia, oftalmologia, cardiologia, neurologia, vascular, neurologia, otorrinolaringologia, ginecologia, obstetrícia e urologia. Os pacientes também poderão realizar uma série de exames clínicos e de imagem, entre os quais raio X, oftalmológicos, laboratoriais, ultrassonografias, endoscopia, mamografia, densitometria óssea e teste ergométrico. Também serão realizadas ainda cirurgias de média e baixa complexidade, cuja recuperação do paciente é realizada em casa, sem a necessidade de longas internações. O centro médico e de diagnósticos do Instituto Paulista de Estudos e Pesquisas em Oftalmologia (Ipepo) será incorporado no mesmo espaço físico, de modo a garantir exames como retinografia, mapeamento de retina, campimetria, tonometria e potencial de acuidade visual. A unidade também fornecerá lentes corretivas intraoculares em procedimentos cirúrgicos. Na unidade do Hora Certa, o usuário SUS terá ainda à disposição o Centro de Especialidades Odontológicas, com oito cadeiras odontológicas, que funcionará com o apoio de um laboratório de próteses. "Este vai ser o primeiro Hospital Dia da Rede Hora Certa com três centros cirúrgicos, cada um deles com capacidade de 2.000 cirurgias por ano. Então serão 6.000 pessoas que vão sair da fila do SUS e cuidar da sua saúde", disse o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário