sexta-feira, 11 de julho de 2014

Neymar admite fracasso e desempenho regular: "Não foi futebol de seleção"

O Brasil chegou à semifinal da Copa de 2014, mas esteve longe de fazer uma campanha brilhante. E não apenas pelo revés para a Alemanha no Mineirão – 7 a 1, pior derrota da história da equipe canarinho. Nesta quinta-feira, o atacante Neymar admitiu que o desempenho do time pentacampeão no torneio ficou aquém do esperado. "Demonstramos um futebol regular, e por isso chegamos à semi. Não demonstramos um futebol de seleção brasileira", avaliou Neymar. "Nós nos sentimos humilhados. Humilhados e envergonhados", completou. O camisa 10 não participou das semifinais porque havia sofrido uma fratura em uma vértebra no segundo tempo do jogo contra a Colômbia. Nesta quinta-feira, após ter sido liberado para ficar com a família no Guarujá (litoral de São Paulo), voltou à concentração da seleção brasileira em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. "A gente teve oportunidade e fez de tudo para conseguir, para ter oportunidade de ser campeão no país em que a gente nasceu. Era a chance de marcar o nome na história, mas a gente falhou, errou e deixou a desejar", disse Neymar. Antes da semifinal, o Brasil acumulou três vitórias (sobre Croácia, Camarões e Colômbia) e dois empates (contra México e Chile, jogo em que o time local venceu nos pênaltis). "Sabemos que não fizemos uma campanha boa e que não mostramos um futebol de seleção brasileira", reconheceu Neymar nesta quinta-feira. Com palavras fortes, Neymar repetiu em vários momentos da entrevista coletiva que ficou frustrado com o rendimento do Brasil na Copa. O jogador usava um boné com a marca dele e uma camisa da seleção brasileira repleta de autógrafos. "Eu não tenho vergonha de ser brasileiro. Não tenho vergonha. Fomos fracassados, sim, perdemos, mas é o que eu falei: perder e ganhar fazem parte do futebol. Só não queríamos perder dessa forma", avaliou o camisa 10. FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário