quinta-feira, 15 de maio de 2014

Filho de Erasmo Carlos, que morreu após acidente de moto, deixa carta inédita para o pai: ‘Único para mim’

Na tarde de quarta-feira, dia 14, as atividades cerebrais de Alexandre Pessoal, de 40 anos, filho mais velho de Erasmo Carlos, cessaram após uma semana de dura luta. Gugu, como ele era chamado pelos mais próximos, sofreu um grave acidente de moto saindo da casa do pai, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na madrugada do dia 7. Carinhoso e de sorriso contagiante, o músico era tão agarrado ao Tremendão que escolheu segui-lo na profissão também. Orgulhoso da trajetória de seu herói e conhecedor, desde novo, de sua importância para a música brasileira, Alexandre chegou a pensar que sua família era homenageada nas letras do Hino Nacional, como conta em carta escrita em julho de 2008, para o Dia dos Pais daquele ano, e nunca divulgada (veja abaixo na íntegra). O sepultamento de Alexandre foi marcado para as 16h30m desta quinta, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap. Ordem cívica Ser criança é ser pleno, é ser desprovido de todas as vaidades e preocupações com a inocência que só Deus poderia criar. Algumas delas têm a real noção disso? Claro que não. E eu, como todas, também não tinha. Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/filho-de-erasmo-carlos-que-morreu-apos-acidente-de-moto-deixa-carta-inedita-para-pai-unico-para-mim-12498249.html#ixzz31qn9sK6l

Nenhum comentário:

Postar um comentário