sábado, 19 de abril de 2014

LUTO NO CENÁRIO ESPORTIVO BRASILEIRO : MORRE AOS 66 ANOS LOCUTOR ESPORTIVO LUCIANO DO VALLE

Jornalista passou mal no avião e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros na chegada ao aeroporto. Morte foi confirmada pela TV Bandeirantes, onde profissional trabalhava Morreu na tarde deste sábado, em Uberlândia, o narrador esportivo Luciano do Valle, de 70 anos. Ele foi internado em um hospital particular da cidade mineira, na tarde deste sábado (19), após passar mal durante voo até a cidade - onde faria a transmissão do jogo entre Atlético-MG e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. O jornalista, que viajava de São Paulo, foi socorrido ainda no aeroporto da cidade mineira pelo Corpo de Bombeiros. A morte do narrador foi confirmada pela TV Bandeirantes, emissora na qual trabalhava (relembre narração dele no vídeo ao lado). De acordo com informações do hospital, o narrador deu entrada direto na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A causa da morte ainda não foi confirmada, e o hospital não passou mais detalhes sobre o ocorrido à reportagem. Colegas relataram que Luciano vinha enfrentando problemas de saúde. LEIA MAIS : http://globoesporte.globo.com/mg/triangulo-mineiro/noticia/2014/04/morre-em-uberlandia-narrador-luciano-do-valle.html Luciano do Valle Queirós (Campinas, 4 de julho de 1947 — Uberlândia, 19 de abril de 2014) foi um locutor esportivo, apresentador de televisão e empresário brasileiro. Luciano do Valle narrou várias Copas do Mundo e trabalhou em várias emissoras de rádio e televisão, como Rede Globo (1971-1982), Rede Record (1982-1983, 2003-2006) e Rede Bandeirantes (1983-2003, 2006-2014). Foi locutor de Fórmula 1 e transmitiu a fase áurea de Emerson Fittipaldi nessa categoria, que o transformou em um ídolo do esporte brasileiro. Depois que saiu da Rede Globo no início dos anos 80, mais precisamente após à Copa de 1982, desenvolveu paralelamente uma carreira de empresário e promotor de esportes: seu primeiro grande sucesso nessa carreira foi a promoção da seleção brasileira de voleibol, quando transmitiu um campeonato em São Paulo pela Rede Record. Seu trabalho tornou ídolos nacionais jogadores como Bernard, William, Montanaro e Renan, que depois ficaram conhecidos como a "Geração de Prata" do vôlei brasileiro. Depois promoveria a carreira de Maguila, famoso lutador de boxe nacional. Ao passar para a Bandeirantes, foi responsável pela ênfase da emissora nas transmissões esportivas (seu slogan passou a ser "Canal do Esporte"), exibindo aos domingos o programa de longa duração Show do Esporte, que apresentava todo os tipos de evento esportivo, desde jogos de sinuca, boxe, automobilismo e esportes olímpicos. Apresentou ao Brasil a Fórmula Indy e a Seleção Brasileira Masters de Futebol, que contava com seus grandes amigos Rivelino, Edu e Dario (ver Copa Pelé). Durante o verão brasileiro, transmitia várias modalidades de esportes de praia, em programas especiais de verão. Atualmente reduziu suas atividades empresariais, continuando como narrador e transmite o Campeonato Brasileiro pela Band e as provas da IRL. Apresentou o programa Apito Final, pela TV Bandeirantes, durante a Copa do Mundo de 2006, e transmitiu os jogos do Brasil na mesma copa pelo canal de televisão a cabo chamado Band Sports. Também apresenta com sua esposa Flávia do Valle, o programa "Tudo em Dia", programa local exibidos aos domingos, na Band RS. Morreu aos 70 anos, em 19 de abril de 2014, em Uberlândia, Minas Gerais, onde chegava para transmitir um jogo para a Band. As causas da morte ainda são desconhecidas. 1 fonte : wikopledia

Nenhum comentário:

Postar um comentário