quinta-feira, 3 de abril de 2014

Família de operário quer R$ 1 milhão de indenização por morte em ItaqueraMãe disse que jovem reclamou de falta de segurança na Arena Corinthians.

A família do operário que morreu neste sábado (29) em um acidente nas obras da Arena Corinthians, na Zona Leste de São Paulo, vai pedir R$ 1 milhão de indenização trabalhista. Segundo o advogado Ademar Gomes, as empresas envolvidas, Odebrecht, WDS Construções e Fast Engenharia, serão processadas por danos morais e materiais. “Vamos pedir também uma pensão vitalícia para a mãe dele”, disse Gomes. Procuradas, as empresas WDS Construções e Fast Engenharia não responderam até a publicação desta reportagem. A Odebrecht informou ao G1 que não é responsável pelas arquibancadas provisórias nem pela contratação da WDS. A Fast Engenharia está encarregada da construção das arquibancadas que serão usadas apenas durante a Copa do Mundo e são de responsabilidade do governo. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/04/familia-de-operario-quer-r-1-milhao-de-indenizacao-por-morte-em-itaquera.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário