sexta-feira, 18 de abril de 2014

Agência autoriza reajuste de 5,4% na conta de água da Sabesp

Em meio à crise hídrica que afeta o abastecimento na Grande São Paulo, a conta de água pode ficar 5,4% mais cara. A Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) autorizou nesta sexta-feira, 18, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) a reajustar a tarifa a partir do dia 11 de maio. A empresa, contudo, ainda avalia quando aplicará o aumento, que pode ocorrer até dezembro. A Sabesp tem hoje 7,7 milhões de ligações de água que atendem a 27,9 milhões de pessoas em 364 municípios do Estado. A autorização da Arsesp foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial do Estado. No início da negociação da revisão tarifária, a Sabesp queria aplicar reajuste de 13%. Em 2013, o aumento acumulado foi de 5,57%. Na prática, a tarifa mínima para um imóvel residencial que consome entre 0 e 10 metros cúbicos por mês sobre de R$ 16,82 para R$ 17,74. Para o consumo entre 11 e 20 metros cúbicos, a cobrança sobre de R$ 2,63/m³ para R$ 2,77/m³. No comércio, a fatura do consumo mínimo vai para R$ 35,62. Hoje, o valor é de R$ 33,78. LEIA MAIS : http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,agencia-autoriza-reajuste-de-5-4-na-conta-de-agua-da-sabesp,1155689,0.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário