domingo, 8 de dezembro de 2013

Comércio do Alto Tietê amplia horário de atendimento para vendas de Natal

De olho nas vendas de fim de ano, o comércio da região amplia em quatro horas o horário de atendimento a partir desta segunda-feira (29). Segundo o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) do Alto Tietê, as lojas passam a abrir das 8 às 22 horas. horário de funcionamento segue até o dia 31 de dezembro. Ainda de acordo com o Sincomércio, as lojas de rede instaladas no centro de Mogi das Cruzes e Suzano devem funcionar até as 20h na primeira quinzena de dezembro e também atendem até as 22h a partir da segunda quinzena, época de pagamento. Nos dias 25 dezembro e 1º de janeiro, feriado de Natal e Ano Novo, respectivamente, o comércio não abre. Já o comércio de Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos, que pertencem ao Sincomércio de Guarulhos, o atendimento é Diferenciado aos sábados, quando o funcionamento é das 9h às 20h. O shopping de Mogi das Cruzes também vai ampliar o atendimento ao público a partir do dia 12 de dezembro. As lojas passam a atender das 10h às 23h de segunda à sábado e das 12h às 22h aos domingos. Nos dias 24 e 31 de dezembro, véspera de Natal e Ano Novo, as lojas funcionam das 10h às 18h. Já nos dias 25 e 1º de janeiro, o atendimento é facultativo. Em Suzano, o shopping amplia o atendimento a partir do dia 9 de dezembro. As lojas abrem de segunda à sábado das 10h às 23h, e aos domingos das 10h às 20h, com opção de abertura facultativa das lojas a partir das 14h. No dia 24 de dezembro, o centro de compras funciona das 10h às 18h. Até lojas que não estão instaladas na área central , também ficarão abertas até mais tarde para atender ao público. “Muita gente deixa para comprar na última hora, então quanto mais perto do Natal, mais vantajoso é deixar a loja aberta até mais tarde”, explica o empresário Jhony Pinheiro, que tem uma loja de presentes na Rua Benedicto de Souza Branco, em Jundiapeba. Na unidade, brinquedos e eletrônicos dominam as prateleiras durante as festas de fim de ano. “A ideia é ter presentes para todas as faixas etárias. As lembranças que custam de R$ 10 a R$ 80 são as que costumam vender mais. Normalmente quem entra na loja quer levar mais de um presente, então esses preços cabem no bolso”, destacou. Crescimento das vendas Uma pesquisa do Sincomércio aponta expectativa de aumento de vendas neste fim de ano entre 5 e 10% em comparação ao ano passado. Para o segmento infantil, a previsão é de um aumento de 30%, enquanto no setor de vestuário e calçados é de 20%. Lojas do segmento eletrônico, joias e presentes em geral, estimam um aumento de 10%. “Os produtos mais procurados nesta época do ano são videogames portáteis, tablets e celulares. A partir da segunda quinzena de dezembro é que a procura aumenta porque em novembro as pessoas costumam usar a primeira parcela do 13º salário para pagar dívidas”, comentou Tiago Moraes, proprietário de uma loja de eletrônicos na Rua Senador Dantas, no Centro, em Mogi. fonte : g1 Suzano e mogi das cruzes

Nenhum comentário:

Postar um comentário