terça-feira, 14 de maio de 2013

PREFEITURA DE FERRAZ DECIDE EXONERAR MÉDICOS ENVOLVIDOS EM FRAUDE

Dedos de silicone seriam usados por médicos e enfermeiro para fraudar ponto eletrônico. (Foto: Gladys Peixoto/G1) Três já haviam pedido desligamento e a prefeitura acatou solicitação. Eles são suspeitos de fraudar ponto do Samu com dedos de silicone A prefeitura de Ferraz de Vasconcelos (SP) informou na tarde desta terça-feira (14) a decisão de exonerar quatro dos sete médicos suspeitos de participar da fraude no ponto eletrônico do Serviço Móvel de Urgência (Samu), com uso de dedos de silicone. De acordo com a prefeitura, três socorristas já haviam pedido desligamento de seus cargos: são eles: o ex-coordenador do Samu, Jorge Luiz Cury, sua filha, Aline Monteiro Cury, e Rodrigo Gil de Castro Jorge. A solicitação foi acatada por meio do Processo Adminstrativo Disciplinar (PAD) que apura a suposta fraude cometida pelos médicos. A investigação da prefeitura começou no dia 11 de março e deve prosseguir. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2013/05/prefeitura-de-ferraz-decide-exonerar-medicos-envolvidos-em-fraude.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário