quinta-feira, 11 de abril de 2013

APÓS 3 ANOS DE CONTRUÇÃO,ESTAÇÃO DA CPTM /SÃO MIGUEL PAULISTA SERÁ BREVEMENTE INAUGURADA AO LADO DA PRAÇA DO FORRÓ

A atual Estação de São Miguel Paulista, na Rua Salvador de Medeiros, no centro do bairro, está com os dias contados. Depois de mais de três anos sendo construída e duas datas de inauguração adiadas, parece que, finalmente, a estação da CPTM da Linha 12-Safira mais moderna e com rampas de acesso a cadeirantes vai sair. A expectativa é de que o novo espaço seja aberto até junho. A chegada da data de inauguração divide opiniões. De um lado, os passageiros empolgados com a entrada e saída na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, a Praça do Forró, pois lá tem mais opções de linhas de ônibus para a ligação com o Centro e outros bairros. A atual estação tem linhas de ônibus com acesso ao Centro da cidade e poucas opções para os bairros. Por outro lado, comerciantes que possuem lojas e lanchonetes nos arredores do acesso, na Rua Salvador de Medeiros, temem que, com a desativação da velha estação de trem, o fluxo de pessoas diminua e o movimento das lojas fique comprometido. “Vai afetar muito porque perde uma porcentagem dos passageiros que passam por aqui para pegar o trem. Nos horários de pico, pela manha e à tarde, passa muita gente. Dizem também que aqui (na antiga estação) será um Poupatempo e um terminal de ônibus. Se for mesmo, vai ficar bom”, afirma o jornaleiro Claudio Roberto Marques, de 62 anos, que possui uma banca de jornal na frente da entrada da estação, na Rua Salvador de Medeiros. Já João Novaes, dono de uma loja de bolsas e material escolar em frente à Praça do Forró e ao lado da nova instalação da estação da CPTM, projeta um crescimento nas vendas com o aumento da passagem de pessoas na porta do seu estabelecimento. “Para o meu ramo vai melhorar com certeza. Durante a construção da nova estação, eles desapropriaram dois grandes comércios: a Kalunga (papelaria) e o Bezerra (loja de cama, mesa e banho), que recebiam muita gente. Esses consumidores aproveitavam e compravam aqui na minha loja. Foram quase quatro anos com o movimento mais fraco”, diz. CPTM não se manifesta sobre o futuro da estação Questionada sobre a construção de um Poupatempo e terminal de ônibus no lugar da atual estação, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) afirma que está elaborando projeto para o uso funcional do local, que deverá ter algumas partes demolidas para implantação de novos empreendimentos FONTE : LUCILENE OLIVEIRA DIÁRIO DE SÃO PAULO IMAGENS : DIEGO SILVA /CPTM EM FOCO

Nenhum comentário:

Postar um comentário