terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Comissão aprova indicação de Moraes para ministro do STF

Após 11 horas e 30 minutos de sessão, o ministro da Justiça licenciado Alexandre de Moraes foi aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado para ocupar vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal. Em votação secreta ontem, 19 senadores foram a favor de Moraes e sete contra. Gleisi Hoffmann (PT-PR), para constranger alvos da Lava Jato, declarou-se impedida e não votou. Ela é investigada pela operação, assim como mais nove da CCJ. FONTE ; JORNAL AGORA

Mais um trem do metrô sai dos trilhos em 15 dias

O Metrô de São Paulo registrou ontem o segundo descarrilamento em 15 dias. Desta vez, foi uma composição da linha 5-lilás que saiu dos trilhos entre as estações Largo 13 e Adolfo Pinheiro (zona sul de SP). Ninguém se feriu. Uma estação ficou fechada por oito horas. Passageiros relataram ter ouvido "trancos" e "barulhos" nos últimos dias, quando passavam pelo mesmo trecho. Por dia, cerca de 260 mil usuários usam a linha, que faz conexão com a linha 9-esmeralda da CPTM. O acidente aconteceu às 4h55, quando a composição saía da estação Adolfo Pinheiro, no sentido Capão Redondo. O sexto e último carro da composição, que tinha poucos passageiros, saiu dos trilhos. A estação Adolfo Pinheiro ficou fechada até as 13h51, para a remoção do trem, e o Metrô pediu ajuda do serviço de ônibus emergencial, o Paese. Resposta O Metrô, empresa do governo Geraldo Alckmin (PSDB), disse que a causa do descarrilamento na linha 5 "será determinada após a investigação" e que, antes disso, "qualquer conclusão é precipitada e irresponsável". Sobre os 26 trens parados, o Metrô disse que o sistema passa por testes e, assim que eles forem concluídos, as novas composições poderão circular. Em nota, a companhia também negou a redução de investimentos nas linhas, disse que as tarifas bancam a manutenção e que os dois descarrilamentos, de ontem e do dia 7, não têm relação com o orçamento. FONTE / CRÉDITO : Rafael Italiani do Agora

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Prefeito sanciona projeto de lei que prevê multas a pichadores em SP

O prefeito João Doria sancionou nesta segunda-feira (20) o Projeto de Lei 56/2005, aprovado pela Câmara Municipal de São Paulo, que institui punição administrativa a quem pichar imóveis públicos ou privados na cidade. Os vereadores aprovaram o texto em duas votações realizadas durante este mês, a última em 14 de fevereiro. “Nós deixamos de forma muito clara qual é a posição da Prefeitura de São Paulo, que separa, distingue e coloca em eixos distintos àqueles que produzem arte urbana, e que merecem respeito da população, da cidade e do poder constituído. Os transgressores vão ter a condenação do poder executivo, do poder legislativo e do poder judiciário”, disse o prefeito João Doria. A lei cria o “Programa de Combate a Pichações no Município de São Paulo”, que será coordenado pela Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais. A partir de agora, é considerado pichação “riscar, desenhar, escrever, borrar ou por outro meio conspurcar edificações públicas ou particulares ou suas respectivas fachadas, equipamentos públicos, monumentos ou coisas tombadas e elementos do mobiliário urbano”. Ficam excluídos do programa "os grafites realizados com o objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado mediante manifestação artística, desde que consentida pelo proprietário e, quando couber, pelo locatário ou arrendatário do bem privado e, no caso de bem público, com a autorização do órgão competente e a observância das posturas municipais e das normas editadas pelos órgãos governamentais responsáveis pela preservação e conservação do patrimônio histórico e artístico". A pichação passa a ser infração administrativa passível de multa no valor de R$ 5 mil – o que não exime os infratores das sanções penais cabíveis e da obrigação de indenizar os danos materiais e morais que podem ter sido provocados pelo ato. Se a pichação for feita em monumentos ou bens tombados, a multa será de R$ 10 mil, além do ressarcimento das despesas de restauração do bem pichado. Em caso de reincidência, a multa será aplicada em dobro. O infrator poderá, até o vencimento da multa, firmar um Termo de Compromisso de Reparação da Paisagem Urbana. Caso seja cumprido o que for estabelecido no termo, a Prefeitura poderá afastar a incidência da multa. A lei prevê como contrapartida, por exemplo, a reparação do bem pichado ou a prestação de serviço em outra atividade de zeladoria urbana. O infrator também deverá aderir a um programa educativo para incentivar o desenvolvimento da prática de grafite. O termo não afasta, no entanto, a reincidência no caso de nova infração. Os valores arrecadados com as multas serão destinados ao Fundo de Proteção ao Patrimônio Cultural e Ambiental Paulistano, já existente. A lei prevê ainda que pichadores, presos em flagrante ou que forem identificados depois, não poderão ser contratados pela administração municipal direta e indireta para atividades remuneradas. A lei também prevê punições com multas de R$ 5 mil aos estabelecimentos que: comercializarem tintas do tipo aerossol a menores de 18 anos; não apresentarem a relação de notas fiscais lançadas com a identificação do comprador; não mantiverem cadastro atualizado dos adquirentes do produto com nome, endereço, números de Cédula de Identidade e de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), marca e cor da tinta adquirida. Em caso de reincidência, a multa será aplicada em dobro e o estabelecimento estará sujeito à suspensão parcial ou total das atividades. O texto abre a possibilidade de termos de cooperação com a iniciativa privada, que pode fornecer mão de obra, tintas e outros materiais necessários à execução dos serviços do programa. Em contrapartida, a empresa poderá exibir placa indicativa de cooperação durante o período de um mês. A lei tem 30 dias para ser regulamentada. FONTE : Secretaria Especial de Comunicação PMSP

PREFEITO BRUNO COVAS SANCIONA LEI QUE AUTORIZA DOAÇÃO DE TERRENO DA PREFEITURA PARA CONSTRUÇÃO DE SESC EM SÃO MIGUEL

O Prefeito em exercício Bruno Covas, comemorou com o Prefeito Regional Edson Marques a sanção da Lei que autoriza a doação de um terreno municipal que fica ao lado do cemitério da saudades na Avenida Pires do Rio. São 22 mil metros quadrados que serão utilizados para a construção de um equipamento social e esportivo. O Presidente do Conselho do Sesc Abram Szaiman afirmou que priorizar a construção do equipamento "vamos acelerar e pretendemos entregar a obra em dois, no máximo dois anos e meio" disse à Edson Marques FONTE/CRÉDITO : REPRODUÇÃO /PÁGINA PRSM

GLOBO PREOCUPADA Problema no coração afasta Chico Pinheiro do Bom Dia Brasil

Apresentador do Bom Dia Brasil, o jornalista Chico Pinheiro esteve internado nesta semana na Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro, tratando de problemas cardíacos. Ele passou mal na segunda-feira (13) à noite. Segundo a Globo, Pinheiro "passou por um procedimento médico preventivo, recomendado após um check up". Ele voltou a apresentar o telejornal nesta sexta (17). Nos bastidores da emissora, circula a versão de que o apresentador de 63 anos teria sido submetido a uma angioplastia com stent, procedimento em que se implantam estruturas que desobstruem as artérias e as mantêm abertas, evitando o acúmulo de gordura que causa infarto. De acordo com a Socerj (Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro), é possível voltar ao trabalho dois ou três dias após uma angioplastia. A internação de Pinheiro preocupou profissionais da emissora. Ele está escalado para ancorar as transmissões do Carnaval de São Paulo, ao lado de Monalisa Perrone. Se não estiver totalmente recuperado, não haverá tempo para que um eventual substituto se prepare, porque há a necessidade de visitar os barracões de 14 escolas de samba. Original: http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/problema-no-coracao-afasta-chico-pinheiro-do-bom-dia-brasil--14170#ixzz4ZEDOrk4L

Passeio ciclístico lota ruas de Mogi das Cruzes

http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/bom-dia-sp/videos/v/passeio-ciclistico-lota-ruas-de-mogi-das-cruzes/5666725/

Salesópolis tem nova antena para receber sinal digital

http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/bom-dia-sp/videos/t/edicoes/v/salesopolis-tem-nova-antena-para-receber-sinal-digital/5666723/

Balões sobrevoam bairros de Mogi das Cruzes

http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/bom-dia-sp/videos/v/baloes-sobrevoam-bairros-de-mogi-das-cruzes/5666715/

Após ruas sujas e congestionamento, Doria admite falhas no carnaval de rua de SP

Prefeito João Dória Jr admitiu que ocorreram falhas na organização do carnaval de rua de São Paulo. A declaração foi dada ao Bom Dia São Paulo. Desfiles de blocos no sábado (18) deixaram ruas sujas, lotadas e congestionadas. No domingo (19), as ruas de Pinheiros, na Zona Oeste da cidade, amanheceram repletas de lixo em frente às residências e comércios. Dois banheiros químicos do bairro foram incendiados por vândalos. O prefeito alegou que não esperava o número de pessoas que tinha se concentrado. “Na verdade, houve uma preparação inferior ao que deveria ter sido. O que não desobriga a prefeitura de cumprir adequadamente a sua responsabilidade em relação ao dia de hoje”, reconheceu Doria na manhã de domingo. “Houve um número muito superior de veículos, pessoas, ambulantes, que frequentaram as áreas onde estavam previstas de 200 a 250 mil. Foram quase 700 mil pessoas. Nesse sentido, nós falhamos.” No sábado, houve congestionamento no trânsito de veículos no Largo da Batata, também em Pinheiros. Motoristas e passageiros de ônibus reclamaram que faltava orientação sobre os bloqueios nas ruas da região que recebeu milhares de foliões. LEIA MAIS : http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/apos-ruas-sujas-e-onibus-lotados-doria-admite-falhas-no-carnaval-de-rua-de-sp.ghtml

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Jovem perde 35 kg e cria aplicativo gratuito que transforma exercício físico em doação

Após sofrer uma síncope cardíaca com apenas 23 anos, o carioca Eduardo Vogel emagreceu 35kg e resolveu transformar seu sofrimento em boa ação. Hoje com 27 anos e formado em Administração e Teatro, ele foi avisado por seu médico à época que, se não perdesse peso, poderia morrer. —Corria 10 km na esteira por dia. Gosto muito de correr e faço por prazer, em três meses perdi muito peso. Mesmo depois do exercício, meu metabolismo estava tão acelerado que continuava emagrecendo - conta. Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/educacao/vida-de-calouro/jovem-perde-35-kg-cria-aplicativo-gratuito-que-transforma-exercicio-fisico-em-doacao-20945885.html#ixzz4Z8FLczZh